arte&meios tecnológicos


II Encontro Arte e Meios Tecnológicos FASM

O grupo de estudos arte&meios tecnológicos (CNPq/FASM) promoveu, seminários abertos ao público, objetivando a discussão de suas pesquisas relacionadas às práticas processuais na arte.


08/10/08 – Ana Paula Lobo, Nancy Betts e Paula Garcia

Ana Paula Lobo
Esconderijos para o tempo.
A apresentação será baseada nas práticas investigativas do trabalho intitulado Esconderijos para o tempo, que se realizam a partir de video instalações performáticas, tendo como referências Andy Wahrol e Marcel Duchamp.

Nancy Betts
Corpo resistência – uma atitude semiótica.
A apresentação será uma leitura critica de um trabalho da artista Paula Garcia.  A abordagem metodológica se fundamentará em conceitos da semiótica discursiva.

Paula Garcia
Corpo Ruído: estudos sobre o estado do corpo na arte.
Será abordado nesta apresentação o estado do corpo na arte, a partir de minha pesquisa de mestrado (em andamento) “Corpo Ruído”. O foco da pesquisa será um trabalho que  tenho desenvolvido com ímãs de neodímio e retalhos de ferros recolhidos em serralheria. Com esses materiais comecei a propor  situações em que meu corpo ficaria parcialmente entrevado, em decorrência, principalmente do peso dos ferros que estavam colados ao meu corpo.

29/10/09 – Ananda Carvalho, Eduardo Salvino e Marcelo Salum

Ananda Carvalho
Entre o Documentário e as Artes Visuais: outros formatos de criação.
A produção de imagens como um acontecimento ou experiência aproxima documentaristas e artistas que criam uma interlocução entre um campo e outro. Propomos observar algumas obras das artes visuais que incorporam estratégias e ferramentas documentais com o objetivo de apontar os novos desdobramentos que o documentário tem alcançado.

Eduardo Salvino
Agenciamento e Mediação
Será apresentado o processo de criação do artista, que se utiliza de diversas mídias tais como instalação, áudio e vídeo. O objetivo é pensar esse processo através do agenciamento e da mediação, refletindo sobre o contextual e o relacional.

Marcelo Salum
Corpo Mídia
A apresentação enfocará o corpo como local da experiência e do conhecimento. Busca-se formular um elo cognitivo de extensão entre vídeo e lugar corporal,  tendo como base as manifestações das mídias contemporâneas. Através de contrapontos entre as percepções corpóreas e ambientais, tratará de possibilidades de deslocamento, experimentação e esvaziamento através da linguagem do vídeo.

12/10/08 – Claudio Bueno, Denise Agassi e Lucas Bambozzi

Cláudio Bueno

Arte em rede: espaços, transmissões e presenças
A palestra tratará de um “viver tecnológico conectado”, dentro e fora dos ambientes eletrônicos e digitais, seja pela utilização das novas redes de distribuição e transmissão de informação, pelos dispositivos móveis que integram o tecido social, ou por aquilo que é sensível, expressivo e poético, na formação das redes sociais contemporâneas. Serão apresentados 3 trabalhos práticos, ainda em desenvolvimento, como processo de criação do artista.

Denise Agassi
Estudos sobre os processos criativos na internet
Será apresentado o processo de criação dos trabalhos desenvolvidos durante a pesquisa de mestrado, bem como, reflexões entorno das relações entre espaços físicos e virtuais, arquivo e banco de dados e fluxo de informações na rede através dos monumentos históricos.

Lucas Bambozzi
A apresentação refere-se a experiência artística com os novos meios e seus enfrentamentos com a vida contemporânea.

26/11/09 – Carolina Toledo, Christine Mello e Monique Allain

Carolina Toledo
Imagem tecnológica: entre o real e o pensamento abstrato
Carolina Toledo apresenta uma reflexão em processo sobre as aproximações da produção de imagem em meios tecnológicos com o real, o pensamento abstrato e as mudanças na percepção e memória, a partir dos conceitos de Vilém Flusser e Edmond Couchot.

Christine Mello
Práticas processuais, novos procedimentos e linguagens
Na história da arte contemporânea a presença dos meios tecnológicos coexiste à sua presença nos ambientes da vida cotidiana. É parte do contexto cultural e, por conseqüência, parte do contexto criativo e comunicacional como um todo. Sua presença marca uma boa parte dos trabalhos não-objetuais, não-materializantes, efêmeros, de lógica temporal, que acentuam a transitoriedade dos meios. A pesquisa observa estratégias de produção, circulação e experimentação nesses contextos, objetivando promover aproximações críticas e projetos curatoriais, produzindo história da arte que não apenas fale da obra, mas fale também sobre as ideações, percepções e os conceitos nela suscitados, sob diferentes aspectos.

Monique Allain (via Skpe)
Entre a memória e a entropia
Apresentação do processo de criação e pesquisa da artista multimídia Monique Allain, que  investiga um lugar entre memória e entropia através de uma temporalidade suspensa e ampliada.

Seminário FASM – Monique Allain via skype (residência Cité des Arts)

Anúncios

Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: